Área Restrita
Destaque
pravaler fameta
TOUR 360 - FAMETA
Pesquisa de opinião
campanha vestibular 2018.2
NOTA 4 MEC - FAMETA

Vestibular 2018

Notícias

Egresso de Fisioterapia é aprovado no processo seletivo para o Mestrado da UFAC
21/05/2018

Egresso de Fisioterapia é aprovado no processo seletivo para o Mestrado da UFAC

O Egresso de Fisioterapia, Joab Aguiar do Nascimento, foi aprovado no processo seletivo para o Programa de Pós-graduação em Mestrado em Ciência, Inovação e Tecnologia para Amazônia (PPG-CITA) – UFAC. A seleção contou com prova de conhecimentos específicos, prova de inglês e prova de títulos. A Fameta prepara seus acadêmicos para que sigam trabalhando em prol do desenvolvimento e do bem-estar da população local. Portanto, se orgulha de acadêmicos como o Joab, que não param de buscar especializações, para se aperfeiçoar e contribuir cada vez mais para a sociedade. “O egresso Joab sempre foi um aluno aplicado e participativo. No período de expedição, ele se dedicou e teve uma participação exemplar. Fico orgulhosa por essa conquista e, portanto, gostaria de parabeniza-lo. Com certeza, Joab fará diferença no cenário acreano”, parabenizou a coordenadora de Fisioterapia, Prof. Mireilly Marques. - Por que você escolheu cursar fisioterapia? Escolhi a fisioterapia, pois sempre me identifiquei com a área da saúde, sempre achei que tinha jeito para lidar com o outro. E, para trabalhar com pessoas, você precisa primeiramente gostar de pessoas. - Quais são as mudanças que você sentiu, na vida profissional, após concluir um curso de ensino superior? Muitas portas se abriram, propostas de emprego, inicio de uma vida profissional. - Quais as contribuições que a Fameta deixou para você, durante os 5 anos de curso? Só tenho a agradecer cada pessoa que de maneira direta ou indireta fez parte dessa história. Aos professores que me ensinaram grande parte do que sei hoje e ampliaram meus horizontes. - Você já participou de projetos de extensão? Somente Projeto de extensão a comunidade. Atendimento ao público e tive a oportunidade de conhecer vários lugares e levar conhecimento acerca de vários assuntos: fazendo a identificação dos tipos de pés, palestras sobre anatomia e fisiologia e higiene dos pés, sobre vacinação, alongamento, entre outros. Alguns municípios como Cruzeiro do Sul, Feijó, Rodrigues Alves, Tarauacá, e Mâncio Lima, onde trabalhei pela primeira vez com uma aldeia indígena Puyanawá. Tive outra oportunidade também numa curta visita a Plácido de Castro onde trabalhamos com a aldeia Huni kuin. - Em que te ajudou ser voluntário em projetos de extensão? Me tornei uma pessoa humana, no sentido de olhar o próximo. Sabendo que o pouco que você fizer, para quem recebe às vezes e tudo que ela precisava. Um sorriso, um abraço e um bom dia faz a diferença. Isso me tornou mais maduro e mostrou o verdadeiro valor da vida. - Quando você colou grau? 2018.1, em fevereiro. - O curso de mestrado era seu sonho? Sim. Me preparei muito para a prova. Já tinha feito o curso de inglês alguns anos antes, já imaginando e estudei para a prova especifica cerca de 1 mês e meio apenas. Porém, tinham dias que estudava 12 horas para dar conta de todo o conteúdo. - Qual recado você deixaria para futuros ingressantes e veteranos do curso? Que aproveitem e invistam o seu tempo. Estudem, aprendam, façam o certo. Escolham o certo. O segredo é amar o que se faz, fazer com amor e ser feliz. Parabéns ao fisioterapeuta!

Alunos de Nutrição participam de Mostra de Suplementos Alimentares na Terapia Nutricional
17/05/2018

Alunos de Nutrição participam de Mostra de Suplementos Alimentares na Terapia Nutricional

Os acadêmicos do 5º período de Nutrição participaram, na última quarta-feira (16), de uma Mostra de Suplementos Alimentares na Terapia Nutricional, acompanhados pelo professor da disciplina Dietoterapia I, Esp. Oyatagan Levy, pelo coordenador do curso, Prof. Me. Anderson Freitas, e pelos nutricionistas, Artur Queiroz e Luana Amorim. “Durante a mostra, foi realizado um debate de casos clínicos no qual poderia ser direcionado a recomendações da suplementação para atingir a necessidade energética alimentar dos pacientes acometidos com comorbidades específicas, onde os fatores nutricionais são indispensáveis para o processo de recuperação”, relatou o Prof. Oyatagan Levy. Para isto, a nutricionista Luana Amorim, assessora técnica da Nestlé Health Science, foi convidada para colaborar. Assim, foi possível que os alunos conhecessem e degustassem os diferentes tipos de suplementos, trazendo-os para a realidade alimentar dos pacientes que fazem uso dos produtos. A atividade teve como o objetivo apresentar aos acadêmicos os diferentes tipos de suplementos alimentes que podem fazer parte da Terapia Nutricional Enteral na Nutrição Clínica. Além disso, essas aulas práticas aproximam os alunos da realidade do nutricionista clínico e ainda tiveram a oportunidade de ter contato com profissionais que já atuam na área, que fomentaram o processo de ensino e aprendizagem através dos relatos das experiências profissionais. "A partir destas práticas, os acadêmicos se aproximam da realidade do paciente e dos direcionamentos do ambiente hospitalar, trazendo a perspectiva do exercício profissional nutricionista na Terapia Nutricional Enteral. Além de discutir sobre condutas e tipos de prescrições para doenças específicas. Sempre focado na evolução do estado de saúde do paciente, e a promoção do bom estado nutricional", explicou o Prof. Oyatagan Levy. Fameta, transformando pela educação.

Curso de Publicidade e Propaganda promove palestra
16/05/2018

Curso de Publicidade e Propaganda promove palestra

Com o objetivo de mostrar cada dia mais aos alunos como anda o mercado publicitário no Acre, o curso de Publicidade e Propaganda da Fameta, promoverá nesta quarta-feira, 16, às 19h uma palestra para tratar temas relacionados à profissão. O convidado é o publicitário Gilberto Braga da Agência Cia de Selva. A iniciativa traz profissionais renomados do mercado publicitário para debater com os alunos ingressantes do curso. O evento é aberto à comunidade e à estudantes e profissionais que se interessem pela área da Publicidade e Propaganda. O coordenador do curso, publicitário Fabiano Queiroz, disse que a palestra é uma oportunidade para a troca de experiências e para a aproximação entre o campo acadêmico e o mercado de trabalho. “Os estudantes ficam sempre na expectativa por este tipo de atividade. Já trouxemos alguns publicitários e personalidades para conversar com os alunos. E nesta quarta-feira é vez do publicitário Gilberto Braga contar um pouco da sua experiência. O evento é aberto ao público e todos podem participar”, ressalta. Gilberto Braga é jornalista, publicitário, advogado e escritor. Possui MBA de executivo em marketing pela Fundação Getúlio Vargas. Foi gerente de marketing e comunicação do Sebrae Nacional. Trabalha há mais de trinta anos como publicitário e há vinte dois anos no Acre. Estudioso e conhecedor da geografia politica e da realidade do Acre, especialmente da capital Rio Branco. Giba, como se tornou conhecido, tem ainda o diferencial de traduzir informações de planejamento e estudos socioeconômicos em insights e ideias criativas. É membro da Academia Acreana de Letras. O que faz o publicitário? O publicitário é o profissional preparado para atuar na criação de campanhas e de peças publicitárias. Ele trabalha durante todo o processo de criação de um produto, para promover sua venda e garantir a boa imagem da marca ou empresa perante o público. Seu trabalho inicia na pesquisa do público-alvo, descobrindo informações sobre idade, condição socioeconômica e hábitos de consumo. O publicitário também vai escolher a abordagem e os meios de comunicação mais adequados à campanha e apresentar o produto ou serviço ao consumidor. Quem cursa Publicidade e Propaganda pode seguir diversas áreas de atuação no mercado de trabalho, como: criação, produzindo campanhas publicitárias com base em pesquisas sobre o mercado consumidor; mídia, escolhendo os veículos de comunicação certos para a divulgação de uma campanha; produção, fazendo comerciais, anúncios e jingles; Entre vários outros campos de atuação. O curso de Publicidade e Propaganda Fameta tem o foco voltado para a propaganda, o planejamento de comunicação, a criação e o marketing. O aluno também vai ser treinado para trabalhar com propaganda em áreas específicas, como: política, institucional e comercial. Texto da Jornalista e Professora Nayara Lessa.

14/05/2018

Acadêmicos de Educação Física participam de aula prática de Rapel

Os acadêmicos do 7º período de licenciatura em Educação Física participaram de uma aula prática de Rapel, durante aula da disciplina de Esporte de Aventuras. Os estudantes foram acompanhados pelo professor Rener Santos, pelo instrutor de Rapel e acadêmico do 5º período de bacharelado em Educação Física, Clodovildo Nascimento, e pelo instrutor e Bombeiro Militar da reserva, Tenente Laureano. A aula foi realizada na Arena da Floresta, no último domingo (13). "A ideia era proporcionar aos nossos alunos, conhecimento e habilidades para montagem e execução das operações em técnicas verticais", explicou o professor Rener Carvalho. Para a Fameta, é de suma importância aulas práticas e atividades complementares que reforcem o conteúdo aprendido em sala de aula. Assim, nossos acadêmicos terão uma formação acadêmica completa, que realmente os prepare para enfrentar a vida profissional. Fameta, transformando pela educação.

14/05/2018

Alunos de Fisioterapia participam do Encontro da SBPC

Os acadêmicos do 1º período de Fisioterapia participaram do Encontro da SBPC com a Comunidade Científica do Acre, realizado na última sexta-feira (11), no Teatro Plácido de Castro, de Rio Branco (AC). Segundo o coordenador de Engenharia Ambiental da Fameta, Prof. Julio Cesar, o evento oficializou a abertura da SBPC regional do Acre. Inclusive, o encontro teve como objetivo incentivar e elevar as discussões referentes as ações cientificas, oportunizando pesquisas, cursos, workshops em todas as áreas da ciência. Para saber mais, clique aqui. A Fameta defende e incentiva a participação dos acadêmicos em eventos como esse, pois são complementares aos conteúdos apresentados em sala. “A participação de eventos desse cunho científico, para o acadêmico ingressante na universidade é muito importante. Por isso, os alunos da Fameta estão tendo contato com as metodologias ativas, um instrumento importante no processo de aprendizagem que integra estratégias, técnicas e atividades voltadas a diferentes situações didáticas vividas em sala de aula, para que o aluno possa se apropriar de conhecimentos que complementem sua formação. É importante a participação e a inserção deste aluno no meio técnico, científico e cultural para aprimorar o que é aplicado em sala de aula”, explicou a coordenadora de Fisioterapia, Prof. Mireilly Marques. Fameta, transformando pela educação.

Conheça a FAMETA