Área Restrita

FAMETA realizou a palestra “Empreendedorismo em dois Tempos”

25/05/2016
Notícias
Graduação

 

Acadêmidos do curso de Administração, em conjunto com a coordenação e a representação do SEBRAE Acre, particiaparam de uma palestra abordando o tema “Empreendedorismo em dois Tempos”, no último dia 24 de maio, das 19h às 20h40, no auditório da instituição. A atividade teve a duração total de 2h. A palestra foi ministrada pelo palestrante, e também Administrador, Eurivan Pereira de Abreu, consultor de negócios do SEBRAE Acre.

 

“A palestra teve como objetivo conceituar o empreendedorismo de modo mais específico, porém detalhista e motivador. Sabemos a importância do empreendedorismo para a geração de riquezas não somente do nosso país, mas também do mundo. E o administrador deve estar preparado e se antecipar aos assuntos relacionados a área. O evento abordou a importância da figura do empreendedor diante do cenário de oportunidades, falou um pouco sobre as competências necessárias e os erros mais comuns no ato de empreender. Na ocasião o palestrante, apresentou aos acadêmicos o Desafio SEBRAE. O jogo é virtual, mas as dificuldades, o controle, a administração e a direção da empresa requerem os mesmo cuidados que uma empresa real, digo isso pois já tive a oportunidade de participar de uma das versões desse desafio. Agora é esperar o início do jogo e participar!”, explicou a Coordenadora do curso de Administração da FAMETA, Cinthia Alves.

 

Alves ainda destacou que a palestra teve como objetivo conceituar o empreendedorismo de modo mais específico, porém detalhista e motivador. E convidar os acadêmicos para participarem do lançamento Desafio SEBRAE. “Sabemos a importância do empreendedorismo para a geração de riquezas não somente do nosso país, mas também do mundo. E o administrador deve estar preparado e se antecipar aos assuntos relacionados a área. O evento abordou a importância da figura do empreendedor diante do cenário de oportunidades, falou um pouco sobre as competências necessárias e os erros mais comuns no ato de empreender.”, finalizou a Coordenadora.

 

    

 

Galeria

Veja Também

30/03/2012
Institucional

governo-passa-a-distribuir-novos-medicamentos

  Cinco novas drogas passarão a ser distribuídas gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde. Dois remédios para pacientes com crescimento anormal da próstata (finasterina e doxasozina) e três fitoterápicos, um deles indicado para síndrome de cólon irritável (hortelã), outro para queimaduras e psoríase (babosa) e um para dor lombar (salgueiro). Os remédios integram a nova Relação Nacional de Medicamentos (Rename), lista preparada pelo Ministério da Saúde com remédios distribuídos pelo governo. Até a versão anterior, eram incluídos apenas remédios de atenção básica. No novo formato, a relação inclui remédios para tratamento de doenças raras, vacinas e produtos...

11/03/2015
Graduação

[Artigo] - Solidariedade Questão de Consciência

Por: Helenilson Pereira da Costa, Profº Esp. do curso de Biomedicina da FAMETA Ao deparar-me com o estado de calamidade que se encontra nosso Estado, pensei de que forma poderia contribuir nesse cenário, foi quando recebi uma mensagem, que convocava voluntários para desenvolver um trabalho com crianças no parque de exposição, rapidamente decidi convidar meus alunos do curso de Biomedicina dos 1° e 3° períodos da Faculdade Meta para encampar nesse trabalho voluntario juntamente comigo.

16/01/2015
Institucional

Estudo aponta novas descobertas sobre a memória

Segundo trabalhos recentes realizados pelos pesquisadores da Universidade de Surrey (Inglaterra), fechar os olhos na hora de pensar ou recuperar alguma informação que dependa da memória, aumenta as chances dessa informação ser apurada com mais precisão. Na publicação da revista “Legal and Criminological Psychology”, 178 voluntários foram testados e aqueles que receberam um tratamento mais carismático por parte do entrevistador responderam de olhos fechados aos questionamentos propostos, obtendo 75% de eficácia nas informações coletadas. Os entrevistados que não receberam o tratamento diferenciado e foram simplesmente questionados, obtiveram apenas 41%.

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem