Área Restrita

Fameta realiza a V Semana Acadêmica de Biomedicina

13/11/2017
Notícias
Graduação

Entre os dias 6 e 10 de novembro, foi realizada a V Semana Acadêmica de Biomedicina, com o tema “A Biotecnologia aplicada à Saúde”, no auditório da Faculdade Meta (Fameta). Na ocasião, estiveram presentes os acadêmicos de todos os períodos de Biomedicina e todo o corpo docente do curso, inclusive a coordenadora Profª Mariane Arnoldi.

 

Durante a semana, minicursos e palestras foram ofertados em todos os turnos. Os minicursos abordaram os temas: Primeiros socorros; Extração de DNA; Citopatologia; Parasitoses Sanguíneas; Alterações Microscópicas de Leucemias; Estética; e Microbiologia Clínica. As palestras foram ministradas por de professores altamente especializados nas áreas de Biotecnologia relacionadas à saúde, como a Profa. Dra. Clarice Maia, Prof. Dr. Dionatas Ulises, Prof. Dr. Luís Eduardo Maggi, Profa. MSc. Janaína Medeiros e Profª Drª Carin Hoffmeister. Os temas foram: Microrganismos Endofíticos: perspectivas tecnológicas; Panorama atual da distribuição de triatomíneos e sua infecção por tripanosomatídeos nos estados do Acre e Rondônia; Tecnologias aplicadas à saúde; Superbactérias: precisamos nos preocupar?; e Técnicas Moleculares aplicadas ao diagnóstico laboratorial.  

 

O objetivo da semana acadêmica foi orientar os acadêmicos sobre a tecnologia e saúde caminharem juntas, em prol do desenvolvimento científico e humano. Possibilitando que os mesmos possam expandir seu conhecimento técnico científico e garantir uma melhor qualificação profissional.

 

A Fameta tem o ensino baseado nas metodologias ativas, em que a intenção é alinhar a teoria e a prática, oferecendo uma formação acadêmica mais completa e preparando os estudantes para o mercado de trabalho. A instituição aproveita a oportunidade para parabenizar a organização pelo excelente evento.  

Galeria

Veja Também

25/07/2016
Institucional

[Informe] Proler 2016/2

Sobre a Leitura Interdisciplinar, considera-se que ato de ler é algo essencial na atividade acadêmica e que o período de formação profissional deve permitir o desenvolvimento dessa habilidade. O Athenas Grupo Educacional, no seu compromisso de formar cidadãos e profissionais qualificados, pretende por meio do projeto de leitura interdisciplinar atuar em consonância com o eixo estratégico de fomento a leitura e formação, promovendo o desenvolvimento tanto em nível individual (formação de leitores), quanto acadêmico, promovendo produções técnico-científicas. Sendo assim, essa atividade tem como objetivo desenvolver as habilidades relacionadas à leitura como a compreensão, reflexão,...

16/12/2011
Institucional

sbce-confirma-150-tipos-de-cefaleia

 Segundo pesquisa realizada pela So­ciedade Brasileira de Cefaleia (SBCE), estima-se que a prevalência da queixa de dor de cabeça ao longo da vida seja de 93% nos homens e 99% nas mulheres, e que 76% do sexo feminino e 57% do masculino tenham pelo menos um episódio de dor de cabeça por mês.   A enxaqueca é uma forma de cefaleia, mas não a única. A Sociedade Internacional de Cefaleia (IHS) reconhece mais de 150 modalidades de dor de cabeça. A enxaqueca (ou migrânea) é uma doença herdada geneticamente, como demonstram as pesquisas que estudam famílias in­teiras e pares de gêmeos. Portanto, não se deve dizer que a enxaqueca é algo “normal" ou "com que se deva se acostumar".   A...

14/07/2011
Institucional

athenas-fornecera-mba-atraves-de-parceria-com-grande-universidade-americana-

O Athenas Grupo Educacional, em parceria com a Duquesne University, dos Estados Unidos, está trazendo para Rondônia o MBA em Gestão Empreendedora e Inovadora, oferecendo para os profissionais do estado a oportunidade de cursar um MBA de uma instituição reconhecida e respeitada em todo o mundo.     O programa de MBA oferecido pela Duquese University foi recentemente ranqueado como o 8º melhor do mundo, atendendo aproximadamente 10 mil acadêmicos espalhados por mais de 80 países.   Com a intenção de especializar os gestores rondonienses, o MBA em Gestão Empreendedora e Inovadora irá ser um importante auxílio na formulação, articulação...

15/07/2015
Institucional

Organização ensina adolescentes a criarem startup

Criada pela empreendedora Tamecca Tillard em 2014, a organização americana Learning Curve tem um objetivo desafiador. Quer incluir jovens de baixa renda e mulheres no promissor mercado das startup-ups e em carreiras nas áreas de ciências, tecnologia, engenharia, artes, matemática e design (conhecidas pela sigla STEAMD, em inglês). Para isso, criou um programa de aceleração de negócios para estudantes do ensino médio, além de cursos de curta duração voltados ao empreendedorismo. “O fluxo de negócios atual está concentrado e é dominado e controlado por homens brancos, enquanto que a base dos clientes não é branca e conta com 50% de participação das mulheres”, diz Tamecc...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem